google

sonho com um
tubarão
dou um google
sonho que como um
pedaço de bolo
dou um google
sonho que nado numa
pscina
dou um google
dente caindo cachorro correndo
google google
dou um google quando
vejo um familiar
alguém que já morreu
mas vive no sonho
google.

[Sylvia vai à praia]

Sylvia vai à praia e escreve A cerração azulada que acompanhava a costa desbotava as cores, cobrindo tudo com um halo opaco e difuso. Acima do ruído contínuo e violento da maré ouviam-se os gritos agudos das crianças, cortando a brisa úmida esfumaçada que soprava do mar.
.
Julia vai à praia não escreve palavra e tira foto de seus pés na areia.
.

será que

será que percebeu
que minhas mãos tremiam
enquanto segurava o copo

.
será que percebeu
que eu não terminava as frases
porque não sabia o que queria dizer

,
será que percebeu
que tentei esconder as minhas pernas
porque são mais grossas que as suas

.
será que percebeu
que eu mexia nos brincos da orelha direita
quando me sentia insegura

,
será que percebeu
que meu olhar às vezes fugia
mas que estava sempre te escutando

,
será que percebeu
que desconfiei de você o tempo todo

,
será que

,

é um turbilhão. não. é a máquina de lavar
quebrada
ou a falta de sabão. respira, senão
quebra
o ritmo. respira. dá uma improvisada. o tempo do verso é o tempo da volta do tambor da
máquina. você vai conseguir saber quando é a última volta? olhe direito. a volta já acabou e o verso continua muito longo, sem
quebra
quantas palavras cabem num verso? e se te disser que o verso é como uma linha infinita e mentiram pra você esse tempo todo. tá vendo o chão molhado? é o sabão transbordando. vai ser sabão pra todo o lado, respira ou
quebra.

notícia

a notícia dizia
tragédia no karaokê
um corvo gigante
invadiu o estabelecimento
e bicou o olho direito
de um cantor amador
o cantor não quis sair
antes que terminasse
a música.

[abri aquela porta]

abri aquela porta
e vi primeiro
um gatinho
depois
o Haddad de cocar
daí
um prato de macarrão
parte de um prédio num dia de céu azul
uma janela e uma paisagem
um casal se abraçando
close no rosto de uma garota
outra paisagem durante o dia
logo em seguida o pôr do sol
a projeção de uma sombra na rua
o mar em algum lugar
outro gatinho dessa vez dormindo
minha amiga na frente da torre Eiffel
um casamento
minha prima assinando um livro
outro prato agora salada
um copo de suco verde
a asa de um avião
a capa de um livro
uma xícara de café e um livro
jogo um cachorro preto lá dentro
e fecho a porta
mais tarde abro a porta de novo
e vejo